Past Exhibitions
SENTINDO-SE OK ESSA MANHÃ E VOCÊ SABE
Janina McQuoid

Janina Mcquoid apresenta o resultado de semanas de residência na exposição “Sentindo-se ok essa manhã e você sabe”. A exposição ocupou inicialmente a parte da frente do Olhão, ainda em reforma. Nas semanas seguintes o carro da artista circulou por outros locais do bairro. A exposição fez parte do projeto Residências e Diálogos entre Artistas, fomentado pelo ProAC ICMS da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo e realizado em parceria com o Projeto A.SP.

Sobre a artista

Janina Mcquoid nasceu em São Paulo/SP, 1989, onde vive e trabalha. Graduada em estudos visuais e críticos pela School of the Art Institute of Chicago (2012). 
Participou da exposição coletiva “Biblioteca: Floresta”, com curadoria de Galciani Neves, no Museu de Arte de Ribeirão Preto [MARP], em 2018. Já em 2017, participou das coletivas “Convocatória para um Mobiliário Brasileiro” no MASP em São Paulo, “Tão diferentes, tão atraentes”, com curadoria de Paulo Miyada na Carbono Galeria em São Paulo, e “Arthur, Janina, Marco e Pedro”, organizada por Daniel Senise no Jacarandá, Rio de Janeiro. Em 2015, esteve na coletiva SMASH, na galeria BFA Boatos em São Paulo, onde também fez sua primeira exposição individual, “Um sorriso é uma espada” e, em 2016, sua segunda exposição individual “Miruca”.
Participou também das coletivas: Arte Londrina 1 e 2, Universidade Estadual de Londrina, Casa de Cultura (Paraná, 2013 e 14); III Concurso Itamaraty de Arte Contemporânea, Palácio Itamaraty (Brasília, 2014); La Usurpadora, Abrazo Interno Gallery (Nova Iorque, 2014); Correspondências: Janina McQuoid e Leonardo Stroka, Epicentro Cultural (São Paulo, 2014); Programa de exposições, Museu de Arte de Ribeirão Preto (São Paulo, 2015); Outdoor II – Continental Love, Warm (São Paulo, 2015)

Janina Mcquoid presents the result of weeks of residence at the exhibition “Feeling ok this morning and you know”. The exhibition initially occupied the front of Olhão, still under renovation. In the following weeks the artist’s car drove around the neighborhood. The exhibition was part of the project Residencies and Dialogues between Artists, sponsored by the ProAC ICMS of the São Paulo State Secretariat of Culture and carried out in partnership with the A.SP Project.